A informação é um dos bens mais precisos no mundo tecnológico em que vivemos. Quem sabe usá-la corretamente pode mover barreiras ou criar novas. Estabelecer uma união entre educação e tecnologia é o primeiro passo para ampliar o acesso à informação no ambiente do ensino.

A tecnologia da informação tem o poder de ampliar possibilidades, organizando processos administrativos e pedagógicos, protegendo dados e o ambiente.

De acordo com essa pesquisa sobre o ensino privado básico e superior, realizada pela Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), o mercado da educação soma um total de 41 mil instituições, das quais 21 mil fazem parte do ensino superior e 38,9 mil especializadas apenas na educação básica.

Os resultados dessa pesquisa reforçam e validam a percepção sobre a concorrência acirrada entre escolas e universidades. Esse resultado evidencia a necessidade que as instituições de ensino têm de demonstrarem  o que as tornam diferentes entre si na hora de atrair novos alunos e reter os já matriculados.

A Tecnologia da Informação pode ser o ponto de partida para uma escola que deseja se posicionar no mercado como um ambiente de aprendizado moderno, tecnológico, seguro e, ainda, sem precisar abrir mão das boas tradições.

Entenda mais sobre as possibilidades de implementação tecnológica no ambiente educacional e sobre como ela pode contribuir para o aprimoramento da qualidade do ensino e dos processos em sua instituição. Acompanhe:

Tecnologia da Informação

Antes, precisamos entender o conceito básico da Tecnologia da Informação ou, simplesmente TI, como é popularmente conhecida. Trata-se do que denominamos como o conjunto das tecnologias, soluções digitais e sistemas facilitadores de armazenamento e análise de dados.

A Tecnologia da Informação está presente em todo o processo que envolva o uso de sistemas computadorizados em qualquer empresa de qualquer segmento. Mesmo para a modernização e otimização da segurança na portaria de uma escola, por exemplo, a TI pode ser fortemente empregada.

A coleta de dados e a criação de um sistema eletrônico para entrada e saída de pessoas autorizadas é uma das várias atribuições que a Tecnologia da Informação fornece.

Tecnologia para a educação

A tecnologia da informação pode contribuir na criação de sistemas de organização de tarefas internas, reduzir processos de secretaria, facilitar procedimentos de matrículas, ajudar na organização pedagógica de avaliações e atividades, simplificar sistemas de cobrança e controle financeiro, dentre inúmeras outras possibilidades.

Lembre-se: investir na modernização da relação entre alunos, pais e instituição, por exemplo, atrai aqueles que são mais ligados à tecnologia às facilidades oferecidas por ela. Além, claro, de oferecer à escola a imagem de ser uma instituição atualizada e moderna.

O EaD é o melhor exemplo de tecnologia na educação

O ensino à distância (EaD) é o melhor exemplo de tecnologia em educação. Hoje em dia é muito comum encontrarmos grandes instituições de ensino que só funcionam na internet. Elas tiram proveito do cloud computing, oferecem ambientes imersivos de ensino, com alta qualidade de conteúdo.

Isso tudo só é possível, graças à tecnologia da informação no setor de ensino.

Tecnologia no preparo das crianças ao mercado de trabalho

Recentemente, a Fundação Santillana, que atua em prol da educação e cultura no Brasil e na Ibero-América, apontou, em um dos seus artigos, que a tecnologia melhora o modo como os alunos apreendem.

Ainda, o estudo realizado pela Fundação deixou claro que o aprendizado é mais eficaz quando estão presentes algumas características fundamentais nos alunos, das quais a tecnologia é capaz de estimular, por exemplo:

  • A participação ativa do aluno
  • A aprendizagem cooperativa
  • A interação frequente por meio de recursos com retroalimentação
  • As conexões com o mundo real
  • A presença do professor a cargo da orquestração dos recursos e como referencial para os estudantes

Quando estiverem prontas para o mercado de trabalho, as crianças que tiveram contato com a tecnologia durante o processo de aprendizado, conseguirão assimilar com mais facilidade os desafios de relacionamento com tecnologia no mercado de trabalho.

É importante que as instituições de ensino incentivem o uso de tecnologias, adotando dispositivos eletrônicos, aplicativo e tudo que estimule o interesse dos alunos, tornando-os desbravadores do mundo tecnológico, independente da área profissional que irão atuar no futuro.

Se você está à frente de uma instituição de ensino e o motivo de ler esse artigo foi a procura por processos mais modernos, adotando tecnologias que reduzem custos e melhoram a produtividade, talvez nós podemos ajudar você.

Fique à vontade em procurar nossos consultores e nos contar um pouco mais sobre suas necessidades.